Florian Mueller

Os trabalhos de Florian são expostos e publicados internacionalmente, ele já recebeu diversos prêmios e desde 2013 ele é membro profissional da Associação Alemã de Fotógrafos Freelance. No mesmo ano, fundou o “Jetzeit Club” juntamente com Nadine Targiel e Michael Streckbein, para mostrar o incomum e dar aos olhos e pensamentos um momento de pausa, para tirar o comum da realidade.
Depois de seus primeiros projetos pessoais e trabalhos como set-fotógrafo em empresas de produção de TV e agências de publicidade, ele desenvolveu o desejo de progredir e estabelecer o seu modo de fotografar, a fim de estender seu próprio contexto artístico.
Suas fotografias tendem para o abstrato, não como uma alternativa para a realidade, mas mais parecido com uma imagem substancial, em comunicação com as emoções e percepção limitada subjetiva do espectador.
Neste caso a abstração está focada na redução de certos fatos, formas e objetos, onde a imaginação do espectador complementa o que está ausente. É uma evocação de pensamentos, associações, emoções e memórias.